Notícias

A Itália que queremos

O resultado final das eleições? Somente daqui a 7 dias. O Pd vence no exterior

08.03.18

Fábio Vicenzi Deputado Itália 2018

Confusão no envio das atas: alguns presidentes as levaram diretamente ao Tribunal de 2ª instância ao invés de levá-las ao palácio Viminale. E isso torna impossível oficializar os resultados.

Levará pelo menos uma semana para a proclamação oficial dos eleitos. Faltam, de fato, dez mesas eleitorais da Câmara visto que alguns presidentes de seções, ao final do escrutínio, enviaram as atas diretamente para o Tribunal de 2ª instância de Roma e, então o Viminale não terá acesso à documentação oficial até que os procedimentos legais não sejam terminados. Até o momento, a relação dos novos deputados é não oficial porque necessitará respeitar as verificações realizadas pelo colegiado adequado da magistratura. Trata-se, no entanto, de listas fidedignas que poderão mudar somente no caso, em que, no decurso das verificações encontrassem irregularidades relativas aos requisitos da elegibilidade do novo deputado.

O volto no exterior

Foram, em contrapartida, conferidas as 18 mesas eleitorais no exterior. Mas, também, neste caso, o comentário do Viminale se dá conta de que se trata de um escrutínio não definitiv, na medida, em que faltam algumas atas, que foram transmitidas, como previsto pela lei, para o Tribunal de 2ª instância. Das doze cadeiras, em jogo, para a Câmara, cinco irão para o Pd, três para o centrodireita e uma, respectivamente, para o M5s, Usei, e +Europa. Das seis cadeiras para o Senado, o Pd e o centrodireita conquistaram duas. Nenhuma cadeira para o Cinquestelle, enquanto ficam o Maie e Usei cada um com uma.